(41) 3264-6719 ou (41) 3264-3029 ou (41) 99935-5557   -   faleconosco@medicodofigado.com.br

tumor pancreasO pâncreas faz parte do sistema digestivo, sendo uma glândula localizada na parte superior do abdômen e atrás do estômago. Esse órgão divide-se em cabeça (lado direito), corpo (central) e cauda (lado esquerdo), sendo responsável pelas seguintes funções:

  • Produção de insulina, que diminui o nível de glicose (açúcar) no sangue;
  • Produção de enzimas envolvidas na absorção e digestão de alimentos.

O tipo de tumor de pâncreas mais comum é o adenocarcinoma, que se origina no tecido glandular e costuma afetar a cabeça do órgão (lado direito). A faixa etária mais comumente atingida por esse tipo de câncer é de 65 a 80 anos.

Fatores de risco

O tabagismo é o maior dos fatores de risco, podendo aumentar as chances de desenvolvimento do câncer em até 8 vezes. A pancreatite crônica hereditária também aumenta os riscos da doença, além de outros fatores como a obesidade e a diabetes mellitus tipo 2.

Sintomas

Na maioria dos casos, a doença só é diagnosticada em estágio avançado, porque os sintomas demoram a se tornar mais evidentes. Os mais comuns são:

  • Perda de apetite e peso;
  • Fraqueza;
  • Dor abdominal;
  • Icterícia (coloração amarela da pele e das mucosas).
Tratamento

Quando o tumor é detectado na fase inicial da doença, o indicado é a remoção cirúrgica da parte afetada. No entanto, quando o câncer encontra-se em estágio avançado, medidas paliativas são a única opção. São elas: colocação de endopróteses ou quimioterapia e radioterapia, que ajudarão a controlar a doença e seus sintomas.

Prevenção

Algumas medidas preventivas são evitar o tabaco e o consumo de álcool, além de ter uma alimentação mais balanceada. Além disso, o acompanhamento médico também é importante, principalmente para os portadores de fatores de risco.

Dr. João Nicoluzzi

Médico especialista em cirurgias e transplantes de fígado, pâncreas e vias biliares.

Deixe uma resposta

Fechar Menu